Novedades Fundación TOVPIL

Tudo é graça


Jesus fala de Deus, e por trás de suas palavras se escuta o eco de uma paixão. Se põe de pé como o cume de uma cordilheira para declarar: Deus-é-Tudo.


Só Deus é Senhor do Universo e autor do Reino. Ele sai em busca de operários para sua vinha. Não tem que lhe perguntar pelo salário, ainda que ao último se tenha pago como ao primeiro. Não há salário, tudo é presente. (Mt. 20, 1-20). Ele organiza as bodas, e Ele mesmo sai pelos caminhos e praças para buscar os convidados. (Mt. 22, 1-14). Sim, Ele mesmo envia os convites. (Lc. 15, 3-7).


Como os homens gostariam de jogar certas cartas, por exemplo, saber e dispor do momento e da hora do final. É inútil. Nem sequer o Filho do Homem sabe. Só Deus sabe a hora exata (Mc. 13, 32; Mt. 24, 36; 25,13). Tudo-é-Deus.

Vaidades ridículas? Quem ocupará o primeiro lugar? Vocês são capazes de suportar a prova? Mesmo que sejam capazes, saibam que nem eu, mesmo sendo o Filho, posso dispor isso. Só Deus o dispõe. Ele indicará o lugar a cada um. Tudo-é-Graça. Ninguém merece nada. Aqui tudo se recebe.


Somente os que se “fazem” pequeninos podem receber o Reino, a vida, a comida, a roupa, a educação, o carinho. O Reino é um Dom, um Presente (Lc. 12, 32). Jesus “conheceu” Deus em seus longos encontros e ali “descobriu” que Tudo é graça.